Economia

Presidente do Sindusmad afirma que articulação para criar distrito industrial em Sinop reinicia após eleições  

O presidente do Sindicato das Indústrias Madeireiras do Norte do Estado de Mato Grosso, Wilson José Volkweis disse, em entrevista ao Só Notícias, que as articulações para criação de um distrito industrial para atender o segmento foram ‘cessadas’ e serão retomadas depois das eleições municipais, que definirão novo prefeito e vereadores, em 15 de novembro.

“Nós tínhamos interesse em uma área localizada no bairro Alto da Glória, que estava sendo cogitada por alguns políticos, mas foi impossível lá. Pertence ao governo Federal e o Exército vai construir (batalhão), já foi confirmado. Então essa já está descartada. Temos que começar de novo, buscando outro ponto”, detalhou. “Vamos esperar quem vai ser o nosso prefeito para daí voltarmos a articular essa questão do distrito industrial que temos tanta necessidade”. “Acredito que agora numa próxima administração a gente consiga esse distrito, confiamos muito nisso”, acrescentou.

Ainda de acordo com o presidente, a criação é de extrema necessidade, visto o número de empresas existentes do segmento. “Também não podemos esquecer que é um setor que alavancou tudo isso aqui, que foi a base fundamental do crescimento do município”, completou.

Conforme Só Notícias já informou, Sinop conta com 161 empresas com atividade madeireira, saldo que coloca Sinop como a cidade com maior número de empresas no setor no Estado. Destas, 89 são associadas ao Sindusmad.

Além disso, o setor de base florestal emprega 1.518 pessoas, sendo o município com mais trabalhadores na área no Estado, de acordo com dados da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso. A Fiemt também levantou que o segmento gera na capital do Nortão massa salarial de aproximadamente R$ 26,9 milhões a cada ano (cerca de R$ 2,2 milhões mensais).

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo)