Economia

Sinop: setor madeireiro emprega mais de 1,5 mil pessoas e massa salarial anual é de R$ 26 milhões

O setor de base florestal vem crescendo exponencialmente nos últimos anos e consequentemente aumentando os postos de trabalho. Em Sinop, de acordo com dados da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso através do Observatório da Indústria, o segmento emprega 1.518 pessoas, sendo o município com mais trabalhadores na área no Estado.

A Fiemt também levantou que o setor de base florestal gera em Sinop massa salarial de aproximadamente R$ 26,9 milhões a cada ano (cerca de R$ 2,2 milhões mensais). Deste montante, cerca de R$ 8,7 milhões são revertidos para o segmento de habitação local.

Segundo o Sindicato das Indústrias Madeireiras do Norte do Estado de Mato Grosso, a capital do Nortão conta com 161 estabelecimentos relacionados a atividade madeireira. Saldo que coloca Sinop como a cidade com maior número de empresas no setor no estado. Destas, 89 são associadas ao Sindusmad.

Conforme Só Notícias já informou, com o desenvolvimento da atividade, o presidente do Sindusmad, Wilson José Volkweis avaliou, que o setor de base florestal já superou os principais efeitos causados pela pandemia do Coronavírus e que, atualmente, o momento é positivo. Além disso, a previsão é que deve continuar aquecido nos próximos meses, mas com as indústrias mantendo “os pés no chão”.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo)