Economia

Passagens aéreas 5% mais caras

Depois da Varig e da TAM, a Gol,única companhia aérea brasileira regular a operar no conceito de baixos custos e preços, aumentou suas tarifas de referência (cheia) em 5,1% nesta quinta-feira.

O aumento serve para repassar os custos da elevação dos preços do petróleo, informou a assessoria de imprensa da empresa.

A TAM elevou suas tarifas em 5,2% na segunda-feira, também pelo mesmo motivo – alta de 16,48% do querosene de aviação no ano – e a Varig reajustou os preços em 5,1% na terça-feira. Os aumentos excluem a ponte aérea Rio-São Paulo.