Economia

Nova Mutum tem 5º mês consecutivo com saldo positivo na geração de empregos formais

Nova Mutum teve novo saldo positivo ao gerar mais vagas emprego com carteiras assinadas. Em maio, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, juntas as empresas e indústrias geraram 231 novas vagas, resultado de 1.273 contratados e 1.042 desligamentos.

Este foi o quinto mês seguido em que o município registrou resultado positivo neste indicador. Em abril, por exemplo, foram 24 empregados a mais, em março mais 29, enquanto fevereiro e janeiro tiveram 444 e 522, respectivamente.

Só Notícias constatou também que em comparação a maio de 2021, o município registrou aumento de 11,05% no número de vínculos empregatícios formais iniciados. À época, foram 208 contratados a mais, diferença de 964 admitidos e 756 desligados.

Em maio, a construção civil foi o setor que mais gerou empregos. Foram criadas 100 vagas a mais, resultado de 189 contratados e 89 demitidos. A construção agropecuária, por sua vez, criou 85 novas vagas, saldo de 204 admissões e 119 desligamentos.

O segmento de serviços teve o terceiro melhor desempenho ao criar 74 vagas a mais, resultado de 321 contratados e 247 demitidos. Por outro lado, a indústria demitiu 18 funcionários a mais (266 vagas fechadas e 248 abertas) e o comércio dispensou 10 a mais (321 postos encerrados e 311 iniciados).

Conforme Só Notícias já informou, Sorriso gerou 788 empregos a mais, saldo de 2.837 admissões e 2.049 desligamentos. Lucas do Rio Verde fechou o mês com saldo positivo gerando 460 novos postos de trabalho. Foram 2.062 admissões e 1.602 desligamentos.

Sinop empregou 311 pessoas a mais, resultado de 3.743 admissões e de 3.432 demissões. Mato Grosso também teve saldo positivo, com 8.280 trabalhadores contratados a mais, resultado de 50.966 admissões e 42.686 desligamentos.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: assessoria/arquivo)