Economia

Mercado do Produtor em Lucas do Rio Verde será inaugurado sábado; R$ 1,2 milhão investidos

O Mercado do Produtor, que será inaugurado sábado, às 17h, tem 61 boxes para venda de produtos da agricultura familiar, de origem vegetal, animal, artesanato e setor de alimentação, na Praça da Liberdade, no Jardim das Palmeiras. R$ 1,2 milhão foram investidos – R$ 897,4 mil destinados pelo ministério da Agricultura e a prefeitura bancou R$ 304,5 mil.

A nova estrutura atende todas as especificações sanitárias, que possam imprimir ainda mais qualidade aos produtos oferecidos aos consumidores. O secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Lucas do Rio Verde, Márcio Albieri, definiu a data como um dia especial, visto que se trata do cumprimento de um compromisso de campanha e um marco para a cidade. “É um dia que vai entrar para a história de Lucas do Rio Verde pela importância e porque está eliminando um gargalo, que é o da comercialização. Muitos agricultores não tinham onde vender seus produtos e agora vão ter”, afirmou.

A seleção dos agricultores para trabalhar nos boxes começou há cerca de um ano e passaram por um treinamento oferecido em parceria com o Sebrae, em dez módulos de qualificação, “desde o planejamento financeiro, de como fazer as compras adequadamente, como atender aos clientes, cuidados no manejo, na segurança alimentar. Enfim, eles entram em uma casa nova com uma mentalidade nova”, detalhou o secretário.

A administração do espaço ficará a cargo da Associação dos Feirantes da Praça da Liberdade, legalmente instituída. Além do espaço de comercialização de produtos, a Praça da Liberdade irá assumir uma posição de atração turística da cidade, com paisagismo no local e a instalação de um chafariz, proporcionada através de uma parceria com empresas.

O presidente da Associação dos Feirantes da Praça da Liberdade, Deonízio da Costa, o Turco, agradeceu a iniciativa, lembrando que em outros tempos, as vendas aconteciam embaixo de barracas, que eram frequentemente lançadas pelo vento. A entrega do novo espaço marca um novo tempo para o grupo de feirantes, que passaram por vários locais diferentes ao longo dos anos. “A prefeitura foi parceira nossa desde quando nós abrimos essa feira. Nós temos que ser parceiros dela também”, finalizou, através da assessoria.

A verba do ministério foram destinadas pelo deputado federal Neri Geller, quando ainda era secretário de Políticas Agrícolas no governo anterior e a feira foi definida como uma das obras prioritárias na gestão do prefeito Luiz Binotti.

Só Notícias (foto: assessoria)