Economia

Mato-grossenses pagaram R$ 2,1 bilhões em impostos na primeira quinzena de janeiro

Os mato-grossenses pagaram, nos 17 dias de janeiro, mais de R$ 2,1 bilhões em tributos para os cofres públicos. O boletim impostômetro, feito pela Fecomércio (Federação do Comércio de Mato Grosso) elaborado na última sexta-feira cita que os brasileiros devem passar 153 dias do ano trabalhando só para pagar todos os tributos municipais, estaduais e federais.

No país, os contribuintes já desembolsaram mais de R$ 140 bilhões, ou seja, o Estado de Mato Grosso corresponde a 1,25% do total arrecadado em todo o território nacional. São Paulo lidera o ranking com 37,39% do total, seguido do Rio de Janeiro (13,78%) e, em terceiro, Minas Gerais (7,05%), informa a federação mato-grossense.

O impostômetro considera todos os valores arrecadados pelas três esferas de governo a título de tributos, que são os impostos, as taxas e as contribuições, incluindo as multas, juros e correção monetária cobradas.

Mato Grosso arrecadou, em 2019, o montante de R$ 36,7 bilhões. Já o país atingiu a marca de R$ 2,5 trilhões no ano. O montante se fosse aplicado na poupança, renderia de juros quase R$ 337 mil por minuto.

Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)