Economia

Itaúba sedia Seminário de Desenvolvimento do Turismo Regional

Empresários, prefeitos, secretários municipais de turismo, agricultura, meio ambiente, educação e cultura, lideranças e estudantes de Colíder, Marcelândia e Itauba participaram esta semana do 3o Seminário de Desenvolvimento do Turismo Regional promovido pelo Governo do Estado para os municípios do médio-norte.

Com apoio da Faculdade Teles Pires – UNITEP, de Itaúba, o evento teve como objetivo divulgar e promover reflexões sobre a potencialidade turística da região que tem grande vocação para o ecoturismo, pesca esportiva e o turismo de aventura, entre outras modalidades. Mais uma vez, o turismo indígena – também denominado etnoturismo, ganha destaque entre as alternativas apresentadas. O cacique Raoni, presidente do Instituto Raoni e uma das principais lideranças do Parque Nacional do Xingu, participou do seminário.

Através do instituto, o cacique Raoni revelou que também tem projetos para incentivar o turismo junto às comunidades indígenas xinguanas. Sua meta é liberar a entrada para turistas no Parque Nacional do Xingu.

Ao tomar conhecimento da proposta do Roteiro Xingu, apresentada pela Secretária de Turismo de Mato Grosso, Yêda Assis, Raoni se prontificou a mobilizar os caciques do Xingu para reunião com a secretária e apresentação do projeto, visando implantar e consolidar a proposta de desenvolver o turismo indígena na região.

“As comunidades indígenas mato-grossenses e brasileiras tem problemas concretos de sustentabilidade social, econômica e financeira. Nosso objetivo é mostrar que o turismo é a solução, pois gera emprego e renda e ainda valoriza os hábitos e costumes de cada etnia”, ponderou Yêda Assis.