Economia

Inadimplência no IPTU de Lucas Rio Verde pode ficar abaixo de 20%

Apesar da crise que enfrentam os municípios com economia baseada na agricultura e no setor madeireiros, o índice de inadimplência em Lucas do Rio Verde deve cair neste ano, no pagamento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). O secretário Municipal de Planejamento e Finanças, Jorge Andretta, informou ao Só Notícias que 77% do valor lançado já foi recebido pela administração municipal. O equivalente a R$876 mil.

Neste ano, a administração decidiu fazer a cobrança à vista, em cota única ou em parcelamento de até 6 vezes. As duas últimas parcelas vencem, nos dias 30 de julho e 30 de agosto. “Acreditamos que o índice de inadimplência com o IPTU será menor que nos anos anteriores. Ainda faltam duas parcelas e o índice pode ficar abaixo de 20%. Isso demonstra a confiança que os munícipes estão tendo na aplicação dos recursos na administração Marino Franz”, ressaltou Andretta.

Ele disse que a dívida ativa do município está na faixa de R$3,5 milhões. “A grande maioria se refere a cobrança de contribuição de melhorias, asfalto. O IPTU, principalmente dos moradores que dispõe de apenas um imóvel, vem sendo quitado. Aqueles que dispõe de mais imóveis, utilizando para especulação imobiliária, são maioria na inadimplência”, afirmou.

Para os municípes inadimplentes, o secretário avisa que serão encaminhados para notificação judicial, conforme determina a Lei de Responsabilidade Fiscal.