sexta-feira, 21/junho/2024
PUBLICIDADE

Contratos de exportação com Emirados Árabes podem aumentar empregos em Sinop, diz secretário

PUBLICIDADE

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Daniel Brolese, disse, ao Só Notícias, que a rodada de negócios com representantes de empresas instaladas em Sinop e investidores dos Emirados Árabes Unidos (EAU), realizada ontem, pode fortalecer a economia do município. “Estiveram aqui mega empresários. Alguns deles dominam toda a exportação de carne no Oriente Médio. Apresentamos quatro empresas do setor de grãos. Agora eles (investidores) estudaram todas as questões e devem decidir onde querem aplicar os valores. Se tudo correr bem, ainda este ano, podem ocorrer negociações e, consequentemente, o aumento no número de empregos”. Eles estiveram em uma fazenda conhecendo as atividades de criação de gado.

Ainda segundo o secretário, os investidores buscam grãos (arroz, feijão, milho e soja) na região e Sinop está dentro das expectativas. “A visita dos empresários foi uma grande oportunidade. A princípio eles visitariam apenas Lucas do Rio Verde e Sorriso. Tivemos que montar toda uma logística para recebê-los. São empresários (árabes) que estão dispostos a investir na região. Havendo lucro eles investirão o quanto for necessário. Havendo interesse dos empresários (locais) e faltando alguma coisa para começar o processo de exportação eles viabilizarão tudo. Basta a constatação de lucro na empresa local”, declarou secretário. "Sentimos pela maioria dos empresários locais convidados não ter participado (do encontro)", concluiu. Não foi informado o número de participantes.

 O diretor de Política e Estratégia do Centro de Segurança Alimentar de Abu Dhabi, Omar Abdulla, disse, através da assessoria, que as chances são muito altas e não esperávamos que fosse tão positiva como foi. Os Emirados Árabes são um país que importa mais de 80% dos alimentos e o Brasil seria um dos primeiros lugares onde consideram investimentos. Aqui foram vistas possibilidades de fazer isso de forma sustentável em toda a cadeia de produção incluindo frutas, animal e proteína”.

Os árabes também estiveram reunidos, semana passada, com o governador Pedro Taques, visitaram Sorriso e Lucas, onde estiveram com lideranças políticas, empresariais e do agronegócio.

A assessoria da prefeitura informa que indústrias de Sinop negociaram, até setembro passado, com empresas no mercado externo, U$ 53.080,32 entre exportação e importação de diversos produtos.

O fortalecimento comercial entre os dois países fez com que cerca de 30 empresas brasileiras já estabelecessem escritórios comerciais nos Emirados Árabes Unidos para suas exportações na região e, segundo Brolese, Sinop tem potencial para ser uma das cidades brasileiras com escritório de representação em Abu Dhabi, por exemplo.

(Atualizada às 12:07h)

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Nova Mutum define nova área para pesquisas no agro

A prefeitura outorgará a concessão de terreno público (arrendamento)...

Vendas no comércio varejista em Mato Grosso voltam a aumentar

As vendas no comércio varejista em Mato Grosso tiveram...

Empresas em Diamantino contratam 560 profissionais e em são Nova Mutum 176

Em Diamantino, empresas e indústrias ofertam 560 vagas de...
PUBLICIDADE