Economia

Conselho atende Federação das Indústrias de Mato Grosso e prorroga pagamento do FCO de empresas

O Conselho Deliberativo do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro Oeste (Condel-FCO) decidiu prorrogar a quitação das parcelas do FCO Empresarial dos meses de agosto e setembro para centenas de empresas mato-grossenses, têm 60 dias para quitar as parcelas que venceriam a partir de amanhã (1º).

A decisão atende ao pedido da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt) e demais entidades nacionais representativas do setor.  “Neste momento de crise, medidas como essa é um grande alívio financeiro para empresas que têm prestações vencendo. Os membros do Condel tomaram uma importante decisão, já que assim os empresários podem focar no principal, neste momento, que é sobreviver na atividade e manter empregos”, avalia o presidente da Fiemt, Gustavo de Oliveira.

O Fundo de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) é um fundo de crédito criado pela Constituição Federal de 1988 com o objetivo de promover o desenvolvimento econômico e social da região Centro-Oeste. É uma linha de crédito com prazos, limites e encargos financeiros diferenciados, destinada às empresas que se dedicam a atividade produtiva nos setores industrial, agroindustrial, mineral, de turismo, de infraestrutura econômica e de comércio e serviços, informa a assessoria.

Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)