Economia

CDL Sorriso pede ao Procon e MP providências com instabilidade em telefonia que está causando prejuízos

A Câmara de Dirigentes Lojistas encaminhou ofício ao Procon e ao Ministério Público cobrando providências quanto instabilidade nos serviços da operadora Vivo. “Não se trata de fatos isolados, mas reiterada falha de prestação de serviços da operadora em nosso município, que além dos transtornos mencionados, está causando prejuízos ao consumidor e ao comércio em geral, ainda que de modo reflexo”, diz trecho do ofício. “Se a qualidade de sinal apresenta péssimas condições de uso e consumo no perímetro urbano, quem dirá na zona rural deste município, que ostenta a qualidade de capital nacional do agronegócio”, continua o ofício.

Algumas empresas, em determinados momentos, acabam ficando sem telefonia e sinal de internet impedindo, por exemplo, transações via cartão de crédito. A CDL Sorriso tem cerca de mil empresas associadas.

Em Sinop, a instabilidade nos serviços de dados e telefonia móvel das operadoras Vivo e Claro têm causou impactos significativos nas atividades comerciais de diversos segmentos. Na semana passada, empresários ficaram impossibilitados de fazerem ligações e usarem aplicativos de mensagem.

Redação Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)