Economia

Apresentada proposta de incentivos fiscais para laticínios em Mato Grosso

A Secretaria de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme) realizou nesta semana uma reunião com representantes do Sindicato de Laticínio do Estado de Mato Grosso (Sindilat). Neste encontro foi pedido aos produtores de leite a proposta de inserir os laticínios no programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso (Prodeic) como opção de incentivo fiscal para melhoria de atividades econômicas.

O superintendente de Indústria e Comércio, José Juarez Pereira de Faria, definiu as condições para a participação do programa de incentivo, as obrigações a serem cumpridas e as condições básicas para adesão.

“O incentivo fiscal permitirá às indústrias serem mais competitivas com os produtos lacticínios originados de outros estados e também, a investir em programas de melhoria de qualidade do leite junto aos produtores rurais, além de estimular a produtividade e maior rendimento econômico aos produtores. Ainda implicará no desenvolvimento de novos produtos, com maior agregação de valores. Estes fatores contribuíram para expansão de vendas e de empregos diretos e indiretos”, afirma Juarez Faria.

Os produtores estão estudando a aceitação da proposta juntamente com o Sindicato das indústrias de Laticínios do estado de Mato Grosso.