Economia

Aeroporto de Sorriso tem queda de 79% no número de passageiros

O levantamento do ministério dos Transportes e Aviação Civil constatou que houve queda de 79,93% no número de embarques e desembarques no aeroporto regional de Sorriso Adolino Bedin no acumulado de janeiro a junho, em comparação com o mesmo período do ano anterior. No município há um voo diário a Cuiabá, que está suspenso desde março.

Só Notícias apurou que, neste semestre, 4.084 pessoas passaram pela unidade enquanto que no mesmo período do ano anterior foram 20.172. Um dos principais fatores da queda é a pandemia do novo Coronavírus pois os voos ficaram suspensos entre março e junho, e retomados somente em julho.

Janeiro foi o que mais registrou movimentação totalizando 1.597, ante 4.331. Em fevereiro foram 1.530 este ano, e 3.834 em 2019. Março 922 passaram pela unidade, ante 4.028. Em abril e maio de 2020 não houve fluxo, já no ano passado foram 4.028 e 4.501, respectivamente. Em junho não houve movimentação.

O número de aeronaves que pousou e decolou no Adolino Bedin também apresentou queda considerável. Este ano foram 110, ante 235, diminuição de 53,1%. A queda de Sorriso também é superior a média nacional que foi de 47,8% no fluxo doméstico.

De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Cláudio Drusina, a retomada do voo para Cuiabá, pela empresa que estava operando, está sendo articulada e “amadurecida”. Por outro lado, no próximo dia 31, a GOL Linhas Aéreas começará operar na unidade com voo diário para Brasília. As vendas de passagens já começaram. A aeronave utilizada será uma ATR comercial bimotor pressurizada de médio porte e propulsão turboélice com capacidade para transportar até 72 passageiros. Sairá de Brasília às 9h05 com previsão de chegada em Sorriso às 11h35 (nas segundas, quartas e sextas-feiras). O retorno será às 12h05 e chegará em Brasília, às 14h40. Já nas terças, quintas-feiras e no domingo, a aeronave sairá da capital federal às 14h25 e chegará no aeroporto Adolino Bedin às 16h55. A volta ocorrerá às 17h25 com chegada prevista para às 20h, em Brasília.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: arquivo/assessoria)