Agronotícias

Preço de paridade para exportação do milho de Mato Grosso sobe 24%

A pandemia mundial do coronavírus auxiliou na sustentação do dólar acima dos patamares de R$ 5 neste mês. Contudo, mesmo com a queda na bolsa de Chicago para o cereal, o preço paridade exportação (julho de 2020) em Mato Grosso, fechou a última semana cotado a R$ 29,92/saca, registrando valorização de 24,58% no acumulado para o mês de março.

“Assim, como demonstrado, na análise de sensibilidade do preço, considerando o frete Rondonópolis –Santos (SP) e o prêmio semanal de R$ 0,65/bushel) os preços se mantém acima do ponto de equilíbrio mesmo com a com uma desvalorização da moeda norte-americana e das cotações do cereal na CME até R$ 4,87/US$ e US$ 3,30/bushel, respectivamente”, analisa o IMEA (Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária), no boletim semanal, divulgado ontem.

O momento positivo para o cereal “contribui para que o produtor avance nas negociações da safra 2019/20 e 2020/21 e se proteja das variações do câmbio e do mercado internacional, que podem impactar as cotações do milho no Estado.

O milho disponível em Mato Grosso teve, semana passada, alta de 3,94% sendo cotado na média de R$ 41,10

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)