Agronotícias

Preço da vaca gorda cai 9% e do boi 8% em Mato Grosso; ‘projeção é de tensão’, prevê IMEA

A arroba do boi gordo no Estado teve forte queda de 8,6%, semana passada, e ficou cotada na média de R$ 256,60/@, informou, hoje, o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) que citou como causas “o enfoque no mercado doméstico, o difícil escoamento da carne acabou pressionando ainda mais” a cotação.

“Neste viés, a arroba da vaca gorda ficou cotada na média de R$ 247,52/@, queda ainda mais intensa, de 9,76% no comparativo com a semana passada”. “Com as indústrias reduzindo a utilização das instalações, a escala de abate, quando comparada à semana passada, aumentou 0,61% e ficou em 6,86 dias”, acrescenta o instituto, no boletim semanal da pecuária de Mato Grosso.

“Que o preço da arroba iria despencar em setembro, em meio ao caos originado pela confirmação da doença da “vaca louca”, o mercado já esperava. No entanto, em Mato Grosso o recuo foi ainda mais intenso, de 4,74% ante o mês de ago.21, e o indicador ficou cotado na média de R$ 286,71/@. Já em São Paulo, a queda foi de 4,12% e a arroba foi precificada a R$ 303,43/@,  sendo ambas as cotações livres de impostos. Com isso, o diferencial de base Mato Grosso-São Paulo se alargou
para -5,51% em setembro – movimento que não era observado desde março e foi  impulsionado pela menor demanda dos frigoríficos, que passaram a reduzir suas compras diante dos estoques elevados”, analisa o IMEA.

Para este mês, a projeção “ainda é de tensão no mercado, uma vez que a China ainda não retornou suas compras e, no comparativo da 1° quinzena de outubro os preços  já recuaram 8,33% em Mato Grosso e 8,65% em São Paulo”.

Só Notícias/Agronotícias (foto: assessoria/arquivo)