sábado, 13/abril/2024
PUBLICIDADE

Oferta de milho em Mato Grosso fica 1,5% menor; usinas compram mais

PUBLICIDADE
Só Notícias

O IMEA (Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária) reajustou os dados de oferta e demanda de milho de Mato Grosso para a safra 23/24. Com uma oferta de 45,29 milhões de toneladas, a demanda para a temporada ficou projetada em 44,51 milhões de toneladas, 1,50% menor que a expectativa do mês passado, puxada pelo recuo nas projeções de exportações para o ciclo.

A demanda só não ficou ainda menor devido ao aumento no consumo Mato Grosso em 6,25% ante a última divulgação, ficando estimada em 15,59 milhões de toneladas, apontam os analistas do instituto. Essa alta no consumo mato-grossense foi impactada pela expectativa de maior demanda das usinas de etanol de milho, que vem crescendo consideravelmente no Estado, sendo esperado um consumo de 11,65 milhões de toneladas para a temporada 23/24. Assim, com os ajustes na oferta e demanda, o estoque final para o ciclo fechou em 785,17 mil toneladas.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Abate de bovinos em Mato Grosso tem novo recorde

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) informou que,...

Vendas de milho avançam em Mato Grosso; preço cai 9,6%

Os negócios para a safra 2022/23 atingiram do total...

Venda da carne mato-grossense no exterior aumenta 25% mas preço cai 5%

Os frigoríficos de Mato Grosso embarcaram, mês passado, 51,94...

Norte Show em Sinop vai proporcionar novos conhecimentos para 150 universitários

A Norte Show, que começa na próxima terça-feira (16)...
PUBLICIDADE