Agronotícias

Mato Grosso tem leve queda nas exportações de janeiro a julho

Mato Grosso apresentou uma retração de 3,5% no valor de exportações na comparação entre janeiro e julho deste ano com o mesmo período de 2018. Dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic) mostram que o valor de vendas caiu de 10,4 bilhões de dólares para 10 bilhões de dólares. Apesar da queda, o estado continua bem posicionado no ranking nacional de exportações, em quinto lugar respondendo por 7,7% das vendas externas brasileiras.

O que deu um salto gigantesco foram as importações, que já atingem 1,1 bilhão de dólares contra 706 milhões de dólares nos sete primeiros meses do ano passado, um aumento de quase 60%. A diferença prejudica a balança comercial, que tem superávit de 8,9 bilhões de dólares contra os 9,7 bilhões do ano passado.

Parte da retração se deve à redução de compras dos chineses, que consumiram 533 milhões de dólares a menos. Entre janeiro e julho, eles compraram 3,7 bilhões e dólares, o equivalente a 37% da produção mato-grossense exportada.

A maioria absoluta dos produtos exportados, 96%, são básicos, sem processamento industrial, e 3,1% são de matérias semimanufaturadas. A soja triturada e em farelo responde por 67% das exportações. O milho equivale a 14% das vendas, o algodão a 6,5% e a carne bovina a 6,4%. As importações cresceram com a compra de fertilizantes num período de dólar em alta.

Só Notícias/Marco Stamm, de Cuiabá