Agronotícias

Margem de lucro do milho em Mato Grosso é a maior dos últimos dois anos, indica instituto

O aumento da produção de milho nos últimos meses é reflexo, sobretudo, do incremento na margem bruta de esmagamento para produção de etanol. A análise é do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA). “Para se ter uma ideia, Mato Grosso- principal produtor de etanol a partir do cereal na região -apresentou no mês passado margem de R$ 60,05/saca, o que corresponde a 89,26% do preço do cereal no período. Cabe destacar que esse foi o
maior share da margem sobre o preço do milho desde dezembro de 2019”, menciona o instituto, no boletim semanal.

Dentre os fatores que contribuíram para este panorama, “está a valorização do etanol hidratado, que já aponta 13,98% no comparativo mensal do indicador de etanol hidratado para Mato Grosso do Cepea (livre de impostos). Diante desse cenário, o aumento da margem bruta de esmagamento do cereal para produção de etanol, pode continuar
incentivando o setor a ampliar a sua produção nos próximos meses”, acrescenta o IMEA.

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)