Agronotícias

Instituto aponta que preços do milho em Mato Grosso atinge níveis históricos

Os preços do milho em Mato Grosso têm atingido patamares recordes nos últimos meses. Com isso, a diferença do preço em relação ao preço cotado na CME em reais/saca atingiu níveis históricos, como registrado em 2016 pelo IMEA (Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária). A informação é do boletim desta semana.

“A relação vem diminuindo desde junho de 2019, quando a diferença média era cerca de -R$ 16,32/saca, e agora está -R$ 0,45/saca representando uma diminuição de base de 97,2%.  Esse cenário está atrelado a diversos fatores econômicos, tais como o aumento do dólar, o consumo interno para produção de etanol e a escassez do cereal no mercado doméstico, devido às exportações recordes realizadas ano passado. As perspectivas para os próximos meses são de que este cenário possa permanecer, principalmente pelo adiantamento da comercialização da safra 2019/20, que indica que o consumo de milho está aquecido no estado, refletindo, assim, na valorização das cotações e em um diferencial de base reduzido”, apontam os analistas.

Ainda segundo o IMEA, os preços do milho no Estado, fecharam a semana passada com alta de 0,58%, cotado na média de R$ 39,68/saca.

Só Notícias/Agronotícias (foto: arquivo/assessoria)