Agronotícias

Governo disponibiliza em Mato Grosso plataforma para ‘acelerar’ Cadastro Ambiental Rural

Já está disponível a ferramenta “Mapa do CAR”, que analisa os processos dos solicitantes do Cadastro Ambiental Rural antes do envio da proposta para a secretaria de Estado de Meio Ambiente. O sistema foi apresentado ao governador Mauro Mendes, ontem, pelo Instituto Ação Verde, no Palácio Paiaguás.

O governador avaliou que o Mapa do CAR é uma ferramenta importante para que todos os usuários possam “falar a mesma língua” e haja uma evolução na implantação do CAR em Mato Grosso. “Vai nos trazer uma uniformização dessas bases de dados, criando a capacidade de evoluir com segurança e rapidez nesse objetivo que é a nossa regularização ambiental. Parabenizo a todos os parceiros, estamos todos do mesmo lado, esse trabalho em conjunto é primordial”.

Mauro ressaltou que dos 50 mil cadastros analisados nos últimos anos pela Sema, mais de 20 mil estão suspensos por inconformidades, e os proprietários não fizeram a alteração necessária dentro do prazo legal de 90 dias. A nova plataforma que analisa previamente os dados irá possibilitar que os processos não tenham pendências e possam ser validados.

Conforme o presidente do Instituto Ação Verde, Adilson Valera, é uma plataforma inovadora, moderna, e de fácil uso. Ele contou que já tem técnicos utilizando para testes, e o resultado tem sido a celeridade, bem como o adequado suporte tanto ao agricultor, responsável técnico e aos servidores da Sema.

“Mais importante que tudo isso é a credibilidade. A parte técnica a gente consegue, agora a credibilidade a gente conquista. Essa é uma conquista do governo de Mato Grosso. Com certeza vai gerar novos projetos e novas possibilidades de negócios para todos os setores do governo”.

Por meio do novo sistema, a análise é feita de forma automática para apontar erros antes mesmo do processo ser inserido na base de dados estadual para análise, além de auxiliar o produtor a confeccionar o cadastro para possibilitar um maior índice de preenchimento correto de informações e de validação do CAR.

“É uma estrutura para a comunidade externa fazer o seu cadastro nos moldes que o sistema mato-grossense exige, e com isso, aumentar o número de validações. É uma plataforma pensada para melhorar a eficiência e a performance do CAR em Mato Grosso. Foram dois anos de intenso trabalho nas análises dos cadastros que já foram inseridos, e percebemos uma qualidade das informações inadequada para validação”, explicou a secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti.

A plataforma possibilita que o cadastro possa ser feito de forma mais ágil e segura visando a  regularização ambiental das propriedades rurais. A plataforma disponibiliza aos profissionais ferramentas de referência como base de dados geográficos, análise prévia, ferramentas de desenho, entre outros.

Foi desenvolvida por meio do Projeto de Apoio ao Cadastro Ambiental Rural no Estado de Mato Grosso, por meio de uma parceria com o governo de Estado, Casa Civil e Sema. O trabalho foi coordenador pelo Instituto Ação Verde, com patrocínio da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (ABIOVE), Instituto Mato-Grossense da Carne (IMAC), Associação Matogrossense dos Produtores de Algodão (AMPA) e Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira (Cipem).

O Cadastro Ambiental Rural é um registro público e obrigatório para todos os imóveis rurais, que possibilita além do controle e monitoramento da atividade produtiva, benefícios aos proprietários que estiverem regulares como financiamento e crédito facilitado.

Redação Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)