SocialNews

Marina Ruy Barbosa escreve sobre dor imensa pela morte de sua gata

Marina Ruy Barbosa está vivendo um momento muito dolorido. Tudo por conta da morte de Ruth, que tinha 17 anos, sua gatinha de estimação.A atriz se despediu de seu pet na quarta-feira (31) com um texto emocionante.”Poucas vezes eu vi meu pai chorar, hoje ele chorou… Minha mãe… Choramos todos. Ah… Ruth! 17 anos juntas. Crescemos juntas e agora você se foi… Minha amiga, companheira, anjo da guarda… Não consigo parar de chorar, de saudade, de vontade de te trazer de volta pra perto. Os bichos são puro amor, nos ensinam muito sobre amar e só ficam ao lado de quem também é amor. São tão mais evoluídos que a gente, que o tempo aqui é mais curto.

Eu sabia que iria doer quando você fosse, mas não imaginei que seria tão forte. Não consigo nem explicar, mensurar o quanto… A única coisa que aquieta minha alma é saber que você parou de sofrer e que eu te enchi de beijos e você sentiu o calor do meu peito preenchido de gratidão e amor durante todos esses dias. É a vida passando, lembrando a gente o quanto é frágil e que estamos todos apenas de passagem…”

Para encerrar, ela usou um trecho da Canção ao Tempo, de Caetano Veloso:
“Tempo tempo tempo tempo
Vou te fazer um pedido
Tempo tempo tempo tempo
Compositor de destinos
Tambor de todos os ritmos
Tempo tempo tempo tempo
Entro num acordo contigo
Te amo pra sempre, meu amor”.

 

O Fuxico (foto: reprodução)