SocialNews

Isis Valverde amamenta filho com febre: ‘dando conta de um baby de 4 meses’

Isis Valverde mudou a rotina após o nascimento do filho, Rael, fruto do relacionamento com André Resende, com quem comemorou 3 anos em festa. Discreta sobre a maternidade, a atriz contou que o dia a dia não tem sido fácil e explicou o motivo em seu perfil no Instagram, na última terça-feira (19), sem perder o bom humor. “Amamentando, com febre e ainda dando conta da energia de um baby de 4 meses!”, escreveu Isis, uma das famosas que mantêm o corpo sequinho após ser mãe, ao compartilhar o vídeo de um cachorro cheio de sono.

Atriz se divide entre trabalho e maternidade

Recentemente, Isis retomou as atividades profissionais e falou sobre a sensação de retomar a carreira após a maternidade. “A volta esta sendo muito gostosa e ao mesmo tempo desafiadora! Eu e meu bem mais precioso estamos nos afinando com as viagens, estúdios, mamadas e a minha vida corrida que volta a tomar forma. Minha profissão é algo que demanda muito e eu sabia que não seria fácil, mas Deus me mandou um anjo que parece entender isso e torna os meus dias mais iluminados ainda!”, disse a mineira.

Isis surpreende com texto e recusa críticas

Criticada por ter recuperado rapidamente a boa forma após dar à luz, Isis comentou a necessidade de filtrar opiniões alheias. “Já recebi e recebo críticas por ser ausente, fria, desligada, esquisita, egoísta e até grosseira. Críticas essas, sempre vindas de quem já me magoou, de quem nem me conhece ou de quem só me procura quando precisa. Estranho como certas pessoas exigem de nós o avesso do que oferecem. Faz-me rir… É que sempre fui de deixar na minha vida só o que me acrescenta. Assim como acolho o que vem – só se for para somar. O que me faz bem, permanece e é bem-vindo. Estou errada? Bom, se estiver, não vou mudar nadinha. Nem adianta opinar porque só ouço o que quero ouvir. Bem assim mesmo. E posso te afirmar que, com a idade, ando ficando mais surda ainda. Para mim, amor, família e amizade não machucam, não maltratam, têm a maior paciência do mundo e, sobretudo, acreditam em você (mesmo quando ninguém acredita), lutam por você, com você ou ao seu lado e te apoiam, em seus erros e acertos (nos erros, principalmente). Essa história de pisar na bola, no rabo, no pé e no calo, pra mim não funciona. Eu até perdoo – mas egoisticamente e para meu próprio bem (quero que a pessoa se vá acreditando que esta tudo certo e nem se lembre mais de mim). E que fique bem longe o que possa me fazer sangrar. Não permito. A vida me ensinou que virar a página é para os fracos – eu a arranco, ateio fogo, me certifico de que nada restou, dou um leve soprinho nas cinzas (para espalhar os vestígios) e vou-me embora”, declarou em outra ocasião.

Purepeople (Foto: Instagram)