SocialNews

Carlos Alberto chora morte na família: ‘perdi um pouco de mim’

Carlos Alberto de Nóbrega comunicou a morte do tio, Fernando de Nóbrega, irmão de Manoel de Nóbrega. Pelas redes sociais, o apresentador descreveu a relação que tinha com que considerava o seu melhor amigo.

“Não sei quem eu perdi hoje: se foi meu segundo pai, meu tio mais amado ou o melhor amigo. Pelo carinho e amor que eu tenho pelo povo brasileiro que eu tanto amo e me adora, sinto no dever de compartilhar com minha dor. O Fernando era 18 anos mais novo que meu pai. Cinco anos mais velho que eu. Crescemos e envelhecemos juntos. Na infância era o meu irmão mais velho que me protegia nas brigas de escola. Estudávamos na mesma escola. Na juventude fomos amigos inseparáveis de futebol, de farras, de brigas em carnaval”, contou.

Em seguida, Carlos Alberto relembrou a importância de Fernando após a perda dos pais:

“Quando aos quarenta anos perdi em seis meses meu pai e minha mãe, ele foi o mais forte e carinhoso pai. E Deus chamou o Fernando. Era ele quem toda sexta pela manhã, ligava pra saber quanto que deu a Praça de audiência. Nos prêmios que eu recebia vibrava mais do que eu. Sempre juntos. Perdi um pouco de mim”, completou.

Fernando tinha 89 anos e era um dos mais renomados pediatras do Brasil. Chegou a ser presidente da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e a ocupar uma cadeira na Academia Brasileira de Pediatria (ABP).

Uma das suas pesquisas mais importantes resultou na criação do Teste do Pezinho, que hoje é obrigatório em lei.Assim como Manoel, o criador da ‘Praça’, Fernando nasceu em Niterói, no Rio de Janeiro.

Assim que se formou em Medicina, mudou-se para São Paulo para acompanhar a família.

OFuxico/Terra (Foto: Reprodução/Instagram)