SocialNews

Após quase dez anos em coma, morre o cineasta Fabio Barreto

Nesta quarta-feira (20), o mundo artístico, mais precisamente o do cinema, ficou mais triste. O cineasta, ator, produtor e roteirista brasileiro Fábio Barreto morreu depois de nove anos em coma. A informação foi confirmada por Júlia Barreto, filha dele, à Marie Claire. O programa Bom Dia São Paulo, da Globo, ainda informou que a causa da morte foi falência de múltiplos órgãos.

Fábio estava afastado dos holofotes depois de um grave acidente de carro sofrido em dezembro de 2009. Em reportagens da época, Fabio voltava do aeroporto internacional Antônio Carlos Jobim, quando seu carro, uma Pajero, foi fechada por um automóvel, o obrigando a desviar. Porém, isso fez com que seu carro despencasse de uma altura de 4 metros, além de capotar.

Ele é um dos integrantes da famosa família Barreto, que é bastante conhecida no cinema, e dirigiu filmes como Lula, o Filho do Brasil, de 2010), Bela Donna, de 2007, A Paixão de Jacobina, de 2002, e O Quatrilho, de 1995, que foi indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro na época.

Fábio é filho do cineasta Luiz Carlos Barreto e da produtora Lucy Barreto, irmão dos também cineastas Bruno Barreto e Paula Barreto.

Ele é casado com a atriz Débora Kalume e deixa quatro filhos: Júlia, Mariana, Lucas e João.

OFuxico/Terra (Foto: Reprodução/Instagram)