SocialNews

3 motivos para inserir produtos orgânicos na rotina de beleza

Você já parou para pensar na importância dos produtos naturais – e no risco que produtos de beleza convencionais podem trazer, tanto para a saúde quanto para o meio ambiente? É que os produtos convencionais costumam ter parabenos ou petrolatos, além de conterem agrotóxicos, o que aumenta o risco de irritações na pele, enquanto os cosméticos naturais são livres desses ingredientes e, de quebra, não contém corantes e fragrâncias artificiais. Por isso, o benefício é duplo: saúde do corpo e preservação da natureza. Além desses motivos, o Purepeople separou outros que te farão experimentar um produto orgânico. Vem ver!

1 – Eles se encaixam super bem na pele sensível

Produtos de beleza orgânicos, bem como os veganos, que não são testados em animais, também costumam ter ingredientes que cuidam da pele sensível, que têm sintomas como vermelhidão, coceira, ardência e descamação. “Para diminuir estes sintomas, o principal cuidado está relacionado à hidratação. Além disso, é recomendado usar produtos sem perfumes sintéticos e com conservantes naturais”, explica a dermatologista Patrícia Silveira, especializada em cosméticos naturais. Uma opção é o trio de sabonete líquido cremoso, creme de mãos e loção corporal hidratante com o óleo de Amêndoas da Weleda, marca suíça pioneira no desenvolvimento de cosméticos orgânicos. Com a amêndoa orgânica, os produtos têm efeito calmante, ajudam na recuperação do equilíbrio natural da pele e evita as irritações.

2 – Os produtos não têm fragrâncias ou corantes artificiais

É alérgico ao cheirinho do cosmético ou fica com a pele irritadiça por causa dos corantes artificiais? Então, vai adorar saber que os produtos orgânicos costumam ter um cheiro suave e a maioria não contém corante: hidratantes de corpo, de mãos, shampoos, condicionadores e sabonetes são feitos com essências da própria matéria-prima, ou seja, o resultado é muito mais suave e evita que qualquer tipo de pele (oleosa, seca ou mista) fique sensível. A Nação Verde, por exemplo, tem hidratantes sem parabenos, sem corantes e sem petroquímicos, como o gel facial noturno com Aloe Vera Vymana.

3 – Cosméticos orgânicos não agridem o meio ambiente

Os produtos de beleza convencionais, geralmente, contém óleo mineral, que é derivado do petróleo, além de conservantes. Isso quer dizer que, quando voltam à natureza através do banho, acabam poluindo e desequilibrando a natureza. Já os cosméticos orgânicos são biodegradáveis e, por isso, são absorvidos de forma natural pela fauna e pela flora. Além disso, a maioria das embalagens costumam ser biodegradáveis e prontas para serem recicladas.