Saúde

UTI’s em Sinop ainda sem equipamentos

Já passa de um mês o prazo estipulado para o início dos atendimentos nas UTI’s (Unidades de Tratamento Intensivo) em um hospital em Sinop, mas os equipamentos ainda não chegaram. O prazo foi divulgado durante a inauguração das instalações onde funcionarão as unidades, no mês de julho. Mas, até o momento, não há previsão para início.

Segundo o diretor financeiro do hospital, João Carlos Girardi, o convênio com a Secretaria de Estado de Saúde ainda não foi assinado, o que está atrasando o início dos atendimentos. “Nós dependemos da elaboração do convênio, que é feito pela Secretaria Estadual”, disse.

São 10 leitos que poderão atender pacientes de Sinop e toda a região, inclusive o Estado do Pará. Após a vinda dos equipamentos, avaliados em cerca de R$ 1 milhão, deverá ser feita a contratação da equipe médica, que deve possuir no mínimo dois médicos.

João Carlos também relata que também estão aguardando a liberação do convênio dos equipamentos da ala de oncológica, que foi inaugurada no mês de abril. As obras do prédio foram feitas pelo Lions Clube em parceria com empresários e a prefeitura. Cerca de R$ 350 mil foram investidos para a construção da ala, que também fica ao lado do hospital. “Acreditamos que primeiro seja feita a liberação para esses equipamentos”, relatou.

O funcionamento das UTI’s resolverá muitos problemas da saúde de Sinop. Muitos pacientes que necessitam de tratamento intensivo, são encaminhados para o Hospital Regional em Sorriso (80 km de Sinop) ou para Cuiabá.
A obra da ala de UTI, de 463 metros quadrados, foi bancada graças a uma parceria com benfeitores da Alemanha, que investiram 197 mil Euros (cerca de R$ 700 mil na época).