Saúde

Sorriso registra aumento em atendimentos da covid e pede cópia do plano de vacinação

O município de Sorriso já solicitou ao Ministério da Saúde informações sobre o cronograma de vacinação contra a Covid-19. A informação é do Secretário de Saúde e Saneamento, Luís Fábio Marchioro. Segundo o secretário, ainda no dia 7 de janeiro, foram enviados ofícios ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello e à Secretaria de Estado de Saúde.

“Solicitamos que nos sejam repassados dados como a cópia do cronograma de vacinação do Ministério, quantidades de doses que serão repassadas ao município e também quais os insumos, como seringas e agulhas, que serão repassados”, explicou Marchioro, conforme divulgado pela assessoria de imprensa.

De acordo com o secretário, esses dados são fundamentais para que Sorriso possa se organizar para a imunização. “Antes da vacina ser efetivamente disponibilizada e aplicada, sabemos que há todo um protocolo a seguir: há um plano de imunização detalhado com o público alvo de cada etapa da vacinação e também há situações como prazos, datas e locais de retirada das vacinas e insumos pelos municípios”, explica.

Por outro lado, Marchioro acrescenta que também já informou as esferas estadual e federal sobre a capacidade técnica de Sorriso. “Temos uma rede de imunização totalmente preparada com estrutura física e pessoal técnico capacitado para aplicar as doses; também dispomos de refrigeradores apropriados para receber o quantitativo de doses que esperamos ser enviado para cá”, salienta.

E enquanto a vacina não for disponibilizada, o secretário destaca que a população deve continuar tomando medidas protetivas. Segundo ele, o número de atendimentos no hospital de campanha voltou a crescer. “Nesta primeira semana de janeiro registramos uma média diária de 200 atendimentos/dia. Contudo, diminuímos o número de internações em UTIs. Estamos conseguindo tratar as pessoas no HC e isso se deve à procura do serviço de saúde nos primeiros sintomas. Então pedimos que quem tiver suspeita ou contato com infectados, nos procure”.

O gestor ainda alerta para que aqueles que apresentarem sintomas, procurem imediatamente o Hospital de Campanha (HC). “Nosso hospital está aberto 24 horas, temos profissionais, medicamentos e equipamentos à disposição. Nosso município buscou ofertar à rede profissionais capacitados, equipamentos como a cápsula Vanessa, o BiPAP, o kit de tratamento à Covid”.

Redação Só Notícias (foto: reprodução)