Saúde

Sinop: profissionais de saúde de hospital podem entrar em greve na próxima semana

O Sindicato Dos Profissionais de Enfermagem do Estado de Mato Grosso (SINPEN) anunciou que vai deflagrar greve na próxima sexta-feira (15), a partir das 7h, em decorrência dos atrasos nos salários dezembro, janeiro e 13º e duas cestas básicas vencidas e não pagas. O aviso foi publicado em diário oficial do Estado, notificando o presidente da unidade hospitalar e a secretaria estadual de Saúde.

O sindicato informa que será respeitado o percentual de 30% trabalhando em setores abertos e 50% em setores fechado do hospital. Caso ocorra a quitação dos débitos antes do dia 15, a greve não será deflagrada.

Só Notícias entrou em contato e a assessoria da unidade que informou que “o hospital ainda não foi notificado quanto a greve”. Já a assessoria da secretaria disse que está apurando a nota e se pronunciará em breve.

A secretaria estadual de Saúde informou, em nota, que “o passivo atual é de mais de R$ 400 milhões entre fornecedores e repasses do Fundo Estadual para o Fundo Municipal de Saúde. De acordo com o decreto governamental de calamidade financeira do Estado, que visa auxiliar no restabelecimento do equilíbrio das finanças públicas, a secretaria realiza a reavaliação, renegociação e contenção de todas as despesas públicas. Entretanto, no que diz respeito especificamente ao Hospital Santo Antônio”,  “há um bloqueio ativo da Justiça do Trabalho que impede a realização do pagamento. Apesar disso, o caso está sendo analisado pela Procuradoria Geral do Estado (PGE), de forma a garantir que a secretaria de Saúde adote as providências devidas após a conclusão do parecer jurídico”.

 

 

Redação Só Notícias (atualizada 14:39h)