Saúde

Sinop: mais de 1,8 mil casos de dengue confirmados no ano

Um relatório da Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal de Saúde, aponta 1.827 casos dengue confirmados desde início do ano. Destes, 1.818 são do tipo clássica, 6 com complicações, 2 com febre hemorrágica e uma, com síndrome do choque. Outros 3.728 casos estão sendo investigados, totalizando 6.302 notificações.

Neste mês, são 673 casos em investigação. O relatório aponta em janeiro houve 987 notificações, sendo 302 descartadas e 5 casos investigados. 677 são clássicas e 3 com complicações. Já em fevereiro foram 1.411 notificações, sendo confirmadas 963 do tipo clássica e uma com complicações. 442 foram descartadas e cinco estão sendo investigadas.

Em março, ocorreram 1.704 notificações da doença, sendo 177 confirmadas do tipo clássica e duas com febre hemorrágica. 1.523 ainda estão sendo investigadas e três foram descartadas. Já em abril, foram feitas 1.527 notificações, sendo 1.523 em investigação. Um caso foi confirmado de dengue clássica, dois com complicações e um com síndrome do choque.

Em último balanço divulgado na sexta-feira (17), a Secretaria Estadual de Saúde apontou que, em uma semana, foram confirmadas mais 28 pessoas com dengue, em Sinop. Se comparado com o resultado da semana anterior-quando houve 159 confirmações- o número foi 5 vezes menor.

Porém, a Secretaria Estadual de Saúde apontou que Sinop continuava líder, de janeiro até quinta-feira (16), com 4.094 pessoas diagnosticadas com dengue. Duas morreram e outra morte ainda está sob investigação.

Em Mato Grosso, a quantidade de vítimas fatais subiu para 16, uma a mais que a semana anterior. Foi confirmada em Campo Novo do Parecis, cidade que tem maior quantidade de óbitos: 3. Desde o início do ano foram 33.608 notificações, cerca de 9,3 mil casos a mais em relação ao mesmo período do ano passado.