Saúde

Sinop já registrou mais de 2,4 mil casos suspeitos de dengue, aponta secretaria

A secretaria de Saúde informou, ao Só Notícias, que de janeiro até agora, foram feitas 2.435 notificações de casos suspeitos  transmitido pelo Aedes Aegypti, que também causa febre amarela, zika vírus e chikungunya.

Somente no mês de janeiro, a secretaria notificou 118 casos de dengue, 187 em fevereiro, 214 em março, abril teve 239, maio foram 533 casos, junho 591 casos, 345 em julho e 208 em agosto. Cerca de 70% dos focos são encontrados nos quintais das residências, em copos, latas, lonas e pneus.

Já os casos confirmados foram 40 em janeiro, 99 em fevereiro, 105 ficaram doentes em março, outros 120 no período de abril, 263 durante maio, 251 em junho, mais 49 em julho e 4 no mês passado. Ou seja, 933 moradores contraíram a dengue.

O setor de combate às endemias fez, em janeiro, 8,5 mil vistorias de residências, outras 6.213 no período de fevereiro, 11.396 em março, mais 12.328 em abril, 10.078 visitadas pela equipe em maio, 11.270 no mês de junho, 11.816 por julho e 7.931 no mês passado. Em oito meses, foram feitas vistorias em 79,5 mil moradias.

No primeiro mês deste ano, os agentes localizaram 362 focos do mosquito em imóveis, 528 por fevereiro, 282 no mês de março, em abril outros 507, mais 310 em maio, junho 130, julho 93 e agosto mais 57. Somados, 2.269 imóveis abrigavam criadouros do mosquito.

Redação Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)