Saúde

Simpósio de Medicina da UFMT debate em Sinop emergências médicas

A quinta edição do Simpósio de Medicina da UFMT começou hoje e segue até sábado (26), no plenário da câmara de vereadores de Sinop e na  Câmara de Dirigentes Lojistas de Sinop (CDL) traz para as discussões entre acadêmicos e especialistas os protocolos, doenças e conduta dos profissionais da saúde em situação de urgência e emergência. O professor e coordenador do congresso Rafael Garcia, destacou a importância do tema para o aprendizado dos alunos que vão entrar no mercado de trabalho e muitas vezes em locais de super lotação.

“Quando um paciente chega ao setor de emergência é porque algo mais grave aconteceu e é nesse momento que ele precisa de uma equipe boa, de um profissional qualificado para o melhor diagnóstico da situação”, disse Garcia através da assessoria.

Além das emergências clínicas, também são discutidos no simpósio os procedimentos médicos em prontos-socorros, urgências pediátricas, obstétricas, urológicas e nos quadros psicológicos. “Nosso objetivo é tentar abraçar o maior número de situações de urgência para abranger esses pacientes de uma forma integral, não olhando somente para uma patologia única”, emenda o coordenador.

Ontem,  o coordenador do Pronto Socorro João Paulo II de Porto Velho (RO), Vínicius Nogueira, deu início ao ciclo de palestras do Simpósio, com o tema “Abordagem da Dor Torácica no Pronto Socorro”. Na sequência, o enfermeiro Thiago Versari discutiu sobre a importância e procedimentos do atendimento pré-hospitalar.

Esta tarde, palestraram os médicos Rafael Garcia, sobre Intubação Orotraqueal em Via Aérea Difícil, Doutor Paulo Quintanilha apresentou o tema Tromboembolismo Pulmonar e o médico Vinicius Nogueira sobre Infarto com Supra de ST.

A programação hoje à tarde, é na CDL com destaque para as emergências pediatras e obstétricas, com as presenças das médicas Silviani Branger, Marcela Santos, Anna Letícia Yanai e do médico Nilton de Araújo.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)