Saúde

Sétimo PSF de Lucas do Rio Verde deve ficar pronto em 3 meses

Outubro é a previsão que o secretário Municipal de Saúde de Lucas do Rio Verde, Marcio Pandolfi, tem para que a obra física do novo PSF (Posto de Saúde da Família) do município fique pronta. Segundo ele, a construção está em ritmo acelerado e o início dos atendimentos deve começar em fevereiro de 2006.

“Estamos trabalhando a todo vapor. Temos três etapas para cumprir. A primeira, que é a construção do prédio, deve ficar pronta em outubro. Depois, partiremos para a contratação de pessoal, aquisição de equipamentos e mobiliário para a unidade, que devem ser finalizadas até final do ano. Queremos começar a atender a população até o mês de fevereiro”, disse o secretário, ao Só Notícias.

O prédio começou a ser construído no início de junho e, em um mês, as paredes foram feitas partindo agora para a fase da construção da laje. A cobertura deve começar em agosto. Os investimentos para a obra, que tem 350m², são disponibilizados pela Prefeitura de Lucas do Rio Verde e estão avaliados em torno de R$ 400 mil, sendo R$ 250 mil para a parte física e R$150 mil para os equipamentos e móveis.

O PSF vai oferecer a população serviços odontológicos e médicos e, ao todo, terá uma equipe de 15 pessoas, entre agentes comunitários de saúde e enfermeiros. A previsão é que cerca de 80 pessoas sejam atendidas por dia ou de 900 a mil famílias por mês, do bairro Jardim Primaveras, onde o PSF está sendo construído.

Lucas do Rio verde tem, atualmente, 6 PSFs que atendem uma média de 1,1 mil famílias cadastradas em cada um. “Com o sétimo PSF vamos cobrir mais de 100% da população. Vamos conseguir desafogar os outros 6 postos transferindo algumas famílias para o novo e deixando todos eles com cerca de 900 a mil famílias cadastradas”, salientou Marcio.