Saúde

Segunda etapa da vacinação contra a poliomielite começa dia 20 em Mato Grosso

Mato Grosso vacinou 284.330 crianças na primeira etapa da Campanha de Vacinação contra a paralisia infantil, o que representa uma cobertura vacinal de 99,17%. índice considerado pelo Ministério da Saúde superior a meta que preconiza, de 95%. A Secretaria de Estado de Saúde promove, agora, a segunda etapa da campanha, que será realizada no próximo dia 20 de agosto, o dia “D da Vacinação”, em todo o país, com o slogan Vamos Reforçar a Vitória, Brasil.

Na garantia do êxito da campanha na segunda etapa, a Secretaria de Estado de Saúde em parceria com o município de Cuiabá, fará o lançamento oficial no dia 17 de agosto, com grande mobilização social no chamamento aos pais de modo a sensibilizá-los sobre a importância de levar o filho de zero a cinco anos de idade aos postos para a vacinação indiscriminada, o que significa que, tendo ou não tomado a vacina antes dessa campanha, a criança deverá receber a dose de reforço da 2ª etapa o que contribuirá para a manutenção da erradicação da poliomielite no Estado e no Brasil.

De acordo com o secretário de Estado de Saúde, Augustinho Moro, o “Estado, nesta ação, conta com as parcerias dos municípios para fazer chegar as vacinas a todas as crianças inclusive as que moram na zona rural e localidades de difícil acesso. O lançamento oficial da campanha, em Mato Grosso, terá a capital como parceira do Estado e será uma ação para chamar a atenção dos pais à necessidade de levar as crianças aos postos de vacinação a partir do dia D, vinte de agosto, data escolhida pelo Ministério da Saúde. A meta do Estado é vacinar 100% das crianças”.

A ação do dia 17 acontece na creche Mariana Fernandes Macedo, ao lado do Centro de Saúde Ana Poupina, na rua Carmindo de Campos, bairro Ana Poupina, às 9 horas da manhã e contará com as presenças do secretário de Estado de Saúde, Augustinho Moro, e do secretário Municipal de Saúde de Cuiabá, Aray Carlos da Fonseca. Está prevista a vacinação de cerca de 200 crianças no local. Para esta campanha a meta da Secretaria de Estado de Saúde é vacinar 286.720 crianças, alcançando assim um percentual de cobertura de vacinação da ordem de 100%.

Segundo o secretário municipal de Saúde de Cuiabá, Aray Carlos da Fonseca ,a estratégia de vacinação dessa segunda etapa é a sensibilização dos pais ao compromisso que tem com a saúde dos filhos. Cuiabá no dia 20 está colocando a disposição da população 78 postos no intuito de dar o acesso à vacina mais próximo onde reside o cidadão.A parceria do Estado é importante para que a campanha atinja índices satisfatórios e que possamos vacinar 100% de nossas crianças”, disse ele.

Serão colocados à disposição da população 2.650 postos de vacinação em todo o Estado, sendo que só em Cuiabá serão disponibilizados 78 locais de vacinação. Em Várzea Grande serão 53 postos enquanto no interior do Estado serão 2.519 postos. Aproximadamente 10 mil profissionais de Saúde estarão envolvidos na campanha, com participação das Secretarias de Saúde dos municípios e do Estado, sendo que 402 mil doses da vacina estarão disponibilizadas para uso.

A Secretaria de Estado de Saúde vai oferecer a vacina contra o sarampo para crianças de 01 a 15 anos, nos mesmos locais de vacinação contra a poliomielite. “A diferença é que, nesse caso”, esclareceu Beatriz Alves de Castro, “a vacina será seletiva, o que significa que só será aplicada se os que forem tomá-la nunca foram vacinadas contra o sarampo anteriormente”.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica da Saúde, Beatriz Alves de Castro recomendou que os pais levem seus filhos aos postos, com suas carteirinhas de vacinação porque, “numa situação atípica este ano, foram identificados casos de sarampo no Estado de Santa Catarina, importado das Ilhas Maldivas, o que torna imprescindível que os pais levem seus filhos aos postos para vacinar contra a doença”, afirmou.

Beatriz de Castro também alertou para o fato de que “a vacina contra a poliomielite não tem nenhum tipo de contra-indicação e que a criança só deve deixar de tomá-la quando for alérgica a qualquer componente da vacina ou tiver qualquer tipo de reação após o recebimento da dose anterior”. A composição da vacina é : poliovírus atenuado I, II e III, cloreto de magnésio, eritromicina, estreptomicina, L-Arginina, Twee.80 e água destilada.

A Secretaria de Estado de Saúde vem realizando campanhas contra a poliomielite desde 1980. Nos últimos três anos foram realizadas campanhas, em duas etapas, sempre com resultados alcançados acima da média preconizada pelo Ministério da Saúde. Em 2002 foram aplicadas 277.488 doses da vacina no Estado, na primeira etapa, com uma cobertura de 104,63%, e 273.615 doses na segunda etapa, com cobertura de 103,17%. Em 2003 as doses tomadas pelas crianças foram de 269.953, na primeira etapa, com cobertura de 99,87%, e 269.874, na segunda etapa, com cobertura de 99,85%. No ano passado, 2004, a Secretaria de Estado de Saúde aplicou 291.559 doses de vacinas em crianças mato-grossenses, com cobertura vacinal de 105,91%, na primeira etapa, e 269.448 doses na segunda etapa, com cobertura de 97,88%.