Saúde

Secretário de Saúde fala em deixar o cargo. Maggi não aceita

O secretário Marcos Henrique Machado, de Saúde, colocou fogo em um assunto político do Governo que parecia quase superado. Ao fazer entrega de 25 ambulâncias, o secretário disse que considerava sua missão cumprida. Chegou a mencionar sobre “cargo a disposição do governador”. Ao saber da notícia, Maggi voltou a descartar a possibilidade de mudanças no secretariado agora, reafirmando o interesse em promover mudanças políticas só no ano que vem.
 
Machado disse que há três anos está servindo o Governo e não escondeu o desejo de trocar de pasta. No fundo, o secretário sempre admitiu que gostaria de voltar para uma área em que possa vir a atuar no campo jurídico, como a própria Secretaria de Administração, de onde saiu para “socorrer” o Governo nos problemas que permeavam a Secretaria de Saúde.
     
O secretário também vem dizendo a alguns interlocutores de seu desejo de voltar a ser promotor de Justiça. Machado se afastou da Promotoria ainda na gestão de Dante de Oliveira, onde foi secretário de Administração. Em seguida, ele foi para a Secretaria de Justiça e Segurança Pública. Machado retornou para a Administração no Governo de Maggi e posteriormente foi para a Saúde onde se encontra.
     
“Marcos ainda tem muito a contribuir com Mato Grosso” – disse o governador, ato seguinte a expressão do secretário.