Saúde

Secretário de Saúde avalia estrutura do Hospital Regional de Sorriso e anuncia seletivo para contratar 40

O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, esteve há pouco, visitando o Hospital Regional de Sorriso, que atende pacientes de 15 cidades do Nortão, e anunciou que, nos próximos dias, deve sair processo seletivo para contratação de técnicos de enfermagem, enfermeiros entre outras funções necessárias na unidade, em média, devem ser abertas 40 vagas. A visita do secretário é para fazer um diagnósticos dos hospitais regionais para identificar produção, perfil de pacientes e necessidades de investimentos para apresentar relatório ao governador Mauro Mendes. Ele já esteve em Sinop, Guarantã do Norte, dentre outros municípios.

“Precisamos fazer nosso levantamento estratégico e desenhar nosso Plano Plurianual (PPA) dos próximos anos. Este (Sorriso) é um hospital que tem uma deficiência de pessoal e nós vamos autorizar processo seletivo. O levantamento da diretoria do hospital é de aproximadamente 40 profissionais, então vai haver processo seletivo formar, com publicidade para todos os interessados. Também temos que sanear as dívidas com os fornecedores. Estamos esperando pagar já na primeira quinzena de março as dívidas de novembro. Aí vamos estar muito próximos de chegar a um tempo que é natural na saúde de dois meses de diferença entre o realizado e o pago”, explicou o secretário.

Ainda de acordo com o Gilberto Figueiredo, o tratamento prioritário do Estado está sendo com as áreas que não podem parar e ao fornecimento de insumos para os hospitais. “A nossa intenção e a do governador é de logo equacionar esses problemas (atrasos com fornecedores e funcionários) para que todos possam trabalhar com determinação e motivação para produzir mais e melhor. Precisamos sair da mesmice que é pagar apenas o custo operacional do mês. Todas as nossas unidades de saúde do Estado requer investimentos. Nesse momento o recurso não está disponível e não sabemos responder quando vamos fazer isso. Por isso é importante fazer o diagnóstico e colocar no planejamento”.

O Hospital Regional de Sorriso é administrado pelo Consórcio de Saúde Vale do Teles Pires, formado por prefeituras de 15 cidades da região, que ajudam a bancar os custos dos tratamentos dos moradores de seus respectivos municípios.

 

Só Notícias/David Murba (foto: Só Notícias/Lucas Torres)