Saúde

Secretaria Saúde está rastreando casos de hanseníase em Sorriso

A Secretaria Municipal de Saúde de Sorriso fez um curso de capacitação para médicos, enfermeiros e fisioterapeutas da rede pública de saúde com objetivo de fortalecer o combate a hanseníase. A partir de hoje, os profissionais estarão fazendo um rastreamento de casos da doença em Sorriso e haverá também uma campanha de conscientização. O rastreamento tem como objetivo identificar os portadores, sensibilizá-los para o tratamento e tratá-los.

O Brasil está em segundo lugar, atrás apenas da Ìndia em número de casos de hanseníase. A hanseníase pode começar com uma ou mais manchas esbranquiçadas ou avermelhadas na pele, em qualquer parte do corpo. Em cima destas manchas ou mesmo fora delas a pele fica com a sensibilidade diminuída ou abolida ao calor. A Secretária de Saúde, Mirian Sollé Rocha, orienta as pessoas que apresentarem manchas pelo corpo com diminuição da sensibilidade, que procurem a Unidade de Saúde da Família do seu bairro para realizar os exames necessários.

Atualmente, existem medicamentos que curam a hanseníase. Quanto mais cedo for iniciado o tratamento, mais rápida será a cura. Os doentes diagnosticados nas formas avançadas também serão curados após o tratamento. Os que são contagiantes, depois de pouco tempo de iniciado o tratamento, deixam de contagiar.