quarta-feira, 29/maio/2024
PUBLICIDADE

Secretaria confirma que dengue aumentou 400% em MT; 52 morreram

PUBLICIDADE

Mato Grosso terminou o ano de 2009 com aumento superior a 400% nos casos de dengue, confirmou, hoje, a Secretaria Estadual de Saúde, que ainda espera resultados de exames. Os municípios têm o prazo até o dia 15 para repassarem dados de notificação e ser fechado o balanço. De janeiro a dezembro foram notificados que 57.282 pessoas pegaram dengue. 1.499 ficaram em estado grave. 52 pessoas morreram e outras 5 mortes são investigadas.

Cuiabá teve 13.602 notificações e 13 mortes. Uma está sob investigação. Várzea Grande notificou 4.980 casos e teve 8 mortes e aguarda resultado de outro exame. Sinop tem 7 mortes confirmadas e a secretaria espera diagnóstico de outro caso suspeito. Em Cáceres morreram 5. Rondonópolis, Tangará da Serra, Rosário do Oeste, Água Boa e Jaciara tiveram duas mortes cada. Aripuanã teve duas vítimas mas pode chegar a 3. Em Alta Floresta, Diamantino, Tapurah, Juara, Nova Mutum, Curvelândia, Barra do Garças, Mirassol D’Oeste houve uma morte em cada.

O secretário estadual Agostino Moro está cobrando dos administradores públicos que sejam cumprido o Plano Estadual de Contingência da Dengue e, principalmente, a coleta de lixo, limpeza urbana e orientação a população para limpeza de quintais, calhas, lajes e eliminação de criadouros.

Moro afiançou no documento que os trabalhos de combate a Dengue não podem ser interrompidos e acima de tudo o Estado continua a disposição por meio do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) nas orientações, na reorganização das ações e no controle efetivo da doença. O telefone do Cievs é o 0800 647 1201.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE