Saúde

Secretaria aponta que 183 mato-grossense estão em espera de UTIs Covid

O painel interativo da secretaria estadual de Saúde atualizado, ontem no final da tarde, aponta que 183 mato-grossenses estão na fila de espera por leitos de Unidade de Terapia Intensiva. O número é 14,48% menor que domingo, quando havia 214 pessoas aguardando.

Atualmente, o Estado conta com 535 UTIs Covid habilitadas e, segundo a secretaria, não há mais vagas, pois conforme as UTIs surgem, são atendidos os pacientes que aguardam de forma prioritária, de acordo com a decisão médica. Isto é, os leitos que aparecem no sistema são imediatamente preenchidos por pessoas que estão na fila de espera.

Considerando as enfermarias, a taxa, no momento, está em 61%. Ao todo, Mato Grosso conta com 881 habilitadas, distribuídas em 24 unidades hospitalares em todas as regiões e, atualmente, 3609 estão disponíveis.

Para as UTIs, na região Norte, por exemplo, há UTIs pactuadas no Regional de Sinop (29), no São Lucas em Lucas do Rio Verde (10), no Hilda Strenger Ribeiro em Nova Mutum (35), no Regional de Sorriso (2), no Hospital e Maternidade Santa Rita em Alta Floresta (25) e no Regional de Peixoto de Azevedo (10).

Em Cuiabá são quatro unidades, sendo o São Benedito (60), Santa Casa (50),  Universitário Júlio Muller (8) e no Hospital e Pronto Socorro Municipal (80). Já Várzea Grande tem UTIs no Estadual Metropolitano (89), enquanto Rondonópolis conta com o Regional (10) e a Santa Casa (20).

Já Tangará da Serra tem o Municipal Arlete Daisy Cichetti de Brito (13). Em Juína também há o municipal (10), em Primavera do Leste conta com o São Lucas (20), e Campo Verde tem a unidade Coração de Jesus (13). Pontes e Lacerda conta com UTIs Vale do Guaporé (10).

Em Barra do Garças os leitos estão pactuados no Hospital E Pronto Socorro Municipal Milton Pessoa Morbeck (9). Em Cáceres é no Regional Doutor Antônio Fontes (10), e em Água Boa também no Regional (10).

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: assessoria/arquivo)