quarta-feira, 22/maio/2024
PUBLICIDADE

Programa desenvolvido em Sorriso será apresentado em congresso internacional

PUBLICIDADE

A Fédération Internationale d´Education Physique, a FIEP, convidou a educadora física Carla Izabela Bonzanini e a nutricionista Cláudia Inês Sônego, da prefeitura sorrisense, para exporem, no principal congresso internacional da entidade, a forma como Sorriso desenvolve os grupos de caminhada junto a seus agentes comunitários de saúde.
O trabalho das profissionais, lotadas na Secretaria de Saúde, será apresentado no "Seminário de Atividade Física na Atenção Básica à Saúde", parte da programação do 27º Congresso Internacional de Educação Física da FIEP, que também tem o CONFEF – Conselho Federal de Educação Física do Brasil – como um de seus realizadores.

O secretário Ednilson de Lima Oliveira disse que "o convite é uma forma de reforçar o reconhecimento ao trabalho da equipe da secretaria, em especial do NASF, trabalho no qual tenho imensa confiança, até porque o resultado disso a gente pode ver nos olhos das pessoas que participam, não só nos grupos de caminhada, mas também nos grupos de hidroginástica para gestantes, idosos, hipertensos e diabéticos, natação para crianças com obesidade e também nos eventos, como as corridas e caminhadas".

O Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) existe desde 2009 e mantém programas voltados à saúde preventiva. O principal objetivo desse trabalho é fortalecer a saúde do cidadão e aumentar sua qualidade de vida por meio de ações estratégicas que previnam diversos fatores de risco para a saúde da população.

Sorriso tem 16 grupos de Caminhada Orientada, sendo dois deles nos distritos (um em Boa Esperança do Norte e um em Primavera). Aproximadamente 500 pessoas participam. As caminhadas são acompanhadas pelos agentes comunitários de saúde e estes, por sua vez, recebe o apoio matricial do Núcleo de Apoio à Saúde da Família, suporte que compreende, entre outras iniciativas, a capacitação dos agentes para a proposta do programa e o acompanhamento de sua aplicação prática.

De acordo com a educadora física Carla Izabela Bonzanini, "o programa Caminhada Orientada vai ao encontro dos objetivos do Plano de Ações Estratégicas para o enfrentamento das Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT) do Ministério da Saúde: alcançar melhorias em indicadores relacionados ao tabagismo, álcool, sedentarismo, alimentação inadequada e obesidade".

 

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

MT Hemocentro realiza encontro estadual sobre conscientização da doação de medula óssea

O MT Hemocentro, unidade especializada administrada pela secretaria estadual...

Nova Mutum define aquisição de nova remessa de produtos para fisioterapia na rede pública

A prefeitura definirá a aquisição de materiais, via processo...

Mais de 3,3 mil animais foram vacinados na campanha antirrábica em Sinop

A equipe do Centro de Combate às Endemias informou...
PUBLICIDADE