Saúde

Profissionais da segurança em Mato Grosso começam ser vacinados nesta 5ª contra Covid

Os servidores lotados no Sistema Penitenciário, Polícia Militar, Polícia Civil, Detran, Corpo de Bombeiros, Politec, Fundação Nova Chance, Socioeducativo, além da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e as Forças Armadas – Exército, Marinha e Aeronáutica começam a receber os primeiras 3,2 mil doses da vacina contra a Covid, nesta quinta-feira, em Mato Grosso.

Serão contemplados os servidores que estão na linha de frente e o critério será dos mais antigos ao mais jovem que estão na ativa. Ao menos 22 mil devem ser vacinados no Estado. “Mato Grosso está seguindo a tendência de outros estados em priorizar os servidores da Segurança Pública, por ser um serviço essencial que não parou. São Paulo, Amapá, Maranhão e Distrito Federal, Piauí, Minas Gerais e Rio Grande do Sul começaram a imunizar esses trabalhadores nesta semana”, destacou o secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante.

Em Cuiabá, a vacinação será no Senai, localizado na Avenida 15 de Novembro, das 9h às 18h. A previsão é vacinar 800 nesta quinta-feira e 801 na sexta-feira. Ao todo, são 1.601 doses em Cuiabá e 182 doses aos profissionais de Várzea Grande. Na Cidade Industrial, o local de vacinação será ou no Fiotão ou numa universidade.

O local foi cedido pelo presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso, Gustavo Oliveira, como forma de contribuir para aceleração da vacina no Estado. “Precisamos aproveitar toda e qualquer possibilidade de acelerar o processo de imunização da população, pois o único caminho para sairmos desta pandemia é por meio da vacinação de todos. Por isso o Sesi se dispôs prontamente a apoiar a secretaria, afinal todos os profissionais que não podem parar têm que ter prioridade, como é o caso da segurança e da educação, por exemplo.

Em Cuiabá, quem vai realizar a aplicação das doses são os profissionais da saúde da própria segurança, sob orientação e capacitação da secretaria municipal de Saúde. As demais doses serão encaminhadas para o interior. A secretaria de Estado de Saúde deve publicar uma resolução de pactuação com as Secretarias Municipais de Saúde com as orientações sobre a vacinação aos profissionais da Segurança Pública. A dose e a lista com os nomes serão encaminhadas aos municípios.

As informações são da secretaria de Comunicação Social do Estado.

Redação Só Notícias (foto: Tchélo Figueiredo/assessoria)