Saúde

Profissionais da educação começam a ser imunizados contra a covid em Nova Mutum 

A secretaria municipal de Saúde começará, nesta quarta-feira, a vacinar os trabalhadores da educação, categoria de grupo prioritário incluída no processo de imunização contra o Coronavírus. Foram liberadas 398 doses da vacina AstraZeneca e as etapas serão divididas em três dias para evitar aglomeração.

“Desde que iniciou, sonhávamos em ver os profissionais da educação no grupo prioritário. Sabemos da importância do retorno de todas as escolas, já que muitos pais não pararam e continuam trabalhando. É um marco histórico e que lutamos incansavelmente para que isso acontecesse”, destacou Elena Maria Maass, secretária de Educação.

As doses serão aplicadas na Central de Vacinas, no residencial dos Ipês, em local exclusivo para atender os profissionais. As primeiras doses estarão disponíveis para as equipes que trabalham em creches.

“Primeiro vamos vacinar os profissionais das creches. Durante a semana, a Secretaria de Educação nos enviou um formulário com os dados dos profissionais para facilitar aos enfermeiros na hora da aplicação da dose”, detalhou a secretária de Saúde, Sônia Ávila.

A Secretaria de Saúde alertou que todos os profissionais deverão chegar com antecedência, munidos de máscara, documento de identidade, cartão do SUS atualizado e cartão de vacina.“As vacinas serão aplicadas por ordem de chegada, porém é necessário que os profissionais tragam os documentos para conferência. Não iremos vacinar aqueles que esquecerem ou não apresentarem a documentação. Lembrando que é necessário o nome estar na lista repassada pela Secretaria de Educação” explicou Juliana Manfroi, coordenadora da Vigilância Epidemiológica.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)