Saúde

Presidente consórcio de Saúde cobra do Estado término das UTIs em Sorriso

Nem bem tomou posse na presidência do Consórcio Intermunicipal de Saúde Teles Pires, o prefeito de Nova Ubiratã, Osmar Rossetto (Chiquinho) se reuniu, com o Secretário Estadual de Saúde, Agostinho Moro.

Na reunião, realizada em Cuiabá, Chiquinho cobrou do secretário o término de projetos que teriam sido iniciados e ainda não ficaram prontos na estrutura do Hospital Regional de Sorriso, como é o caso das Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) e um aumento para o atendimento na área de ortopedia, que é, hoje, um dos principais problemas da instituição.

Apesar das reivindicações, o presidente esclarece que o papel do consórcio é de complementar o salário de profissionais que atuam no hospital, não sendo de sua responsabilidade a gerência e o funcionamento do HRS. “O consórcio foi criado para viabilizar o hospital, onde somos em 15 municípios contribuindo financeiramente para a manutenção do hospital, e é bom a população saber que nós (prefeitos) não temos autoridade dentro dele, que possui sua estrutura administrativa própria e submissa ao governo do estado”, informou. O secretário acenou com a resolução desta e outras pendências no tempo mais breve possível.