Saúde

Nortão continua sem UTI

A população do Nortão continua sem atendimento em UTI – Unidades de Terapia Intensiva. A que está sendo instalada no Hospital Regional de Sorriso, desde o ano passado, não tem previsão de entrar em funcionamento. Não se fala em prazo, mas como já está terminando o mês de agosto e o país está em pleno processo eleitoral, até outubro, dificilmente a obra deve entrar em funcionamento antes de novembro.

Segundo a diretora administrativa financeira do hospital, Rejane Joana Potrich Zen, os equipamentos para a ala de neonatologia já foram entregues, mas alguns, de maior complexidade para a ala adulta, ainda devem ser entregues pela Secretaria Estadual de Saúde.

“Tivemos informações que eles poderão ser entregues nos próximos dias, mas não podemos precisar com certeza”, disse ela. A obra foi entregue em fevereiro pela empreiteira e, como não recebeu o equipamento nesse tempo, já necessita de uma nova pintura e algumas pequenas adequações.

“Assim que recebermos todos os equipamentos estaremos acertando esses pequenos detalhes na obra como uma nova pintura, disposição de armários, entre outros”, disse ela.

A UTI de Sorriso prevê 20 leitos, sendo 10 leitos para neonatal e 10 leitos para adultos, distribuídos em uma área de 707 metros construídos, que atenderão pacientes de 17 municípios do Nortão, que compõem o Consórcio Intermunicipal de Saúde Teles Pires, entre eles Sinop. Atualmente, o Hospital Regional de Sorriso conta com UCE – Unidade de Cuidados Especiais – que conta com 3 leitos adultos e 10 neonatais.

Em Sinop também não há UTI em funcionamento e a unidade que funcionaria no Hospital Santo Antonio ainda não foi ativada.