Saúde

Mato Grosso tem apenas 18 leitos de UTIs disponíveis para Coronavírus e taxa de ocupação é de 92%

A secretaria de Estado de Saúde confirmou, ontem, no boletim epidemiológico que em Mato Grosso que das 240 Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) pactuadas pelo governo estadual para atendimento exclusivo de pacientes da Covid-19 apenas 18 continuam disponíveis. Com isso, a taxa de ocupação chegou aos 92,5%.

Os 20 leitos pactuados para o Hospital Regional de Sinop estão com 100% de ocupação (desde o último domingo). Em Rondonópolis, os 15 leitos existentes Hospital Regional estão com pacientes internados. Outros 15 da Santa Casa também estão ocupados.

No Hospital Estadual Metropolita, em Várzea Grande, dos 40 leitos pactuados, 33 estão ocupados (82,5%). No hospital Estadual Santa Casa em Cuiabá dos 40 leitos disponíveis, 33 estão com pacientes. No São Benedito das 40 vagas 39 já foram ocupadas. Já no Universitário Júlio Muller, das 10 UTIs resta apenas uma.

Estão com lotação máxima os hospitais São Luiz em Cáceres (5 leitos), Sorriso (2), Hospital e Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande (2). No Hospital Municipal de Barra Garças 7 das 8 UTIs estão com pacientes. No Hospital Municipal de Juína são seis leitos e cinco já estão ocupados.

Ontem, o governo estadual informou que Mato Grosso registrou 16.304 casos confirmados e 629 óbitos em decorrência do Coronavírus. O boletim aponta que as 39 novas mortes mais recentes envolveram residentes de Alta Floresta, Matupá, Cuiabá, Juína, Cáceres, Várzea Grande, Rondonópolis, Nova Mutum, Barra do Garças, Tangará da Serra e Jaciara.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)