Saúde

Mais de 2,5 mil kits de medicamentos contra Covid-19 já foram distribuídos no  Centro de Triagem em Mato Grosso

A secretaria de Estado de Saúde informou, esta manhã, que em nove dias de funcionamento do Centro de Triagem, na Arena Pantanal, o governo do Estado já distribuiu 2.560 kits de medicamentos que tratam os sintomas leves da Covid-19. A iniciativa visa o tratamento precoce da doença e, consequentemente, a redução do contágio pelo vírus no Estado e do agravamento dos quadros clínicos. A diretora do Hospital Estadual Santa Casa, Patrícia Neves, que coordena a unidade de triagem, explicou que não apenas os pacientes com diagnóstico de coronavírus recebem medicamentos, mas também aqueles considerados suspeitos.

“Apesar de a Atenção Básica não ser uma atribuição do Estado, nós não estamos medindo esforços para oferecer esse primeiro atendimento aos pacientes da baixada cuiabana. Dessa forma, conseguiremos uma importante evolução dos quadros para cura e, dessa maneira, diminuir a procura por um leito de UTI”, avalia através da assessoria.

Do dia 22 até ontem, mais de 4.2 mil atendimentos foram realizados no Centro, sendo que cerca de 72% dos pacientes eram moradores de Cuiabá. O balanço ainda aponta que 883 pessoas testaram positivo para o coronavírus; além dos medicamentos, os médicos também prescreveram exames de tomografia para 230 pacientes.

Somente ontem, foram distribuídas 658 senhas e 571 pessoas compareceram para o atendimento. Desse total, 90 testaram positivo para o vírus e foram entregues 337 kits de medicamentos, com 47 tomografias realizadas.

O atendimento no Centro de Triagem funciona das 7h às 19h, mas o acesso à Arena ocorre até às 17h. São entregues até 650 senhas das 6h às 6h45. É obrigatório o uso de máscaras de proteção e as equipes do Corpo de Bombeiros monitoram o local para garantir a organização do espaço durante a entrega das senhas.

O Centro conta com uma equipe de 20 médicos, que atende adultos com sintomas leves da Covid-19. No local, é possível realizar o Cadastro Nacional de Saúde (CNS), a testagem rápida, o atendimento médico, a tomografia e a retirada de medicamentos, caso haja a prescrição médica.

As informações são da assessoria.

Redação Só Notícias (foto: Christiano Antonucci/assessoria)