Saúde

Mais de 200 sorrisenses fizeram exames preventivos contra o câncer bucal

No último dia 25 a Secretaria Municipal de Saúde de Sorriso realizou uma campanha de prevenção ao câncer bucal, disponibilizando exames preventivos e biópsias de casos suspeitos em todas as unidades de saúde do município.

Segundo a secretária Municipal de Saúde, Miriam Tereza Vali Rocha, a receptividade da população foi muito boa e os resultados foram positivos. “Durante todo o dia muitas pessoas compareceram nos postos, é bom ver que a população está preocupada com a própria saúde”, disse, ao Só Notícias.

Ao todo, os 90 agentes comunitários de saúde realizaram exames preventivos em 202 pessoas. Foi recolhido material de 9 pacientes para ser realizado o exame citopatológico de biópsia para detecção da doença, pois o quadro desses pacientes era suspeito. A secretaria aguarda os resultados.

A princípio, a coleta de material foi realizada apenas no dia 25, mas a campanha pode ser estendida. “Estamos estudando a programação da continuidade da campanha, até porque acredito que muitas pessoas que residem nas áreas rurais deixaram de vir aos postos por falta de tempo. E o que queremos é atingir toda a população”, salienta Miriam.

O câncer bucal é um tumor maligno que se desenvolve a partir de uma célula que sofre uma série de alterações genéticas e passa a se multiplicar desordenadamente, transformando-se num corpo estranho ao organismo. Só Notícias apurou que no Brasil, as taxas de doentes são elevadas, sendo o câncer bucal o 6º tipo mais comum entre os homens e o 8º entre as mulheres.

As pessoas que fazem parte do grupo de risco são aquelas que usam, freqüentemente, tabaco, bebidas alcoólicas e estão expostas excessivamente à radiação solar. Outros fatores que também podem contribuir para o desenvolvimento da doença, como, má higiene bucal, dentes quebrados, próteses removíveis parciais ou totais mal adaptadas, dieta pobre em vitaminas A, C, E e o vírus HPV (papilomavírus humano).

Para fazer o auto exame, basta a pessoa, diante de um espelho, verificar se em seu rosto há algum sinal que não tenha notado antes, observar no lábio, bochechas (lado interno) e língua se há manchas ou feridas. As feridas que não cicatrizam em 2 semanas, manchas brancas, vermelhas ou negras, carnes crescidas, caroços, bolinhas duras e inchaço na boca, dificuldade para movimentar a língua, sensação de dormência na língua, dificuldade para engolir e halitose, podem ser sinais de desenvolvimento do câncer bucal.

O auto exame deve ser realizado a cada 6 meses e, para os fumantes, a cada 3 meses. A escovação diária, no mínimo três vezes, também é fundamental para evitar a doença.