Saúde

Ex-secretário de Saúde de Lucas do Rio Verde morre com Coronavírus

A prefeitura confirmou, há pouco, que o ex-secretário municipal de Saúde, Günter Bif Stechert, de 41 anos, é a 27ª vítima da Covid-19, no município. Ele estava internado em um hospital de Cuiabá onde faleceu, hoje de madrugada. Também era servidor concursado desde 2016, no cargo de analista. Não foi confirmado se tinha comorbidades.

Stechert era filho da ex-vereadora Maria Sidinir Bif Stechert, atuou como assessor de dispensação de medicamento, diretor de desenvolvimento humano e atualmente ocupava cargo de analista administrativo na secretaria de Finanças. Permaneceu à frente da pasta de Saúde entre os meses de julho e outubro de 2016. Era casado e tinha um filho.

O prefeito Luiz Binotti decretou luto de três dias em decorrência do falecimento do servidor. Em nota, a assessoria ressaltou que “Günter era muito querido por todos os colegas e deixará boas lembranças em todos os setores pelo qual passou”.

A secretaria também notificou hoje mais 94 casos em 24 horas e o total chegou a 2.075. Destes, 1.102 estão curados. Outros cinco estão em Unidades de Terapia Intensiva. Atualmente, 940 pacientes estão em acompanhamento domiciliar (ontem havia 846).

Já os considerados suspeitos passaram de 1.182 para 1.181. Entre os que aguardam os resultados dos exames, 1.165 estão em isolamento em suas residências, sete em enfermarias e seis em UTIs. Três óbitos estão sob investigação. Já os descartados chegaram a 2.469.

Ontem, a secretaria estadual de Saúde divulgou, que foram registradas mais 38 vítimas fatais e 1.069 novos casos, em 24 horas. Agora, Mato Grosso contabiliza 35.673 casos confirmados e 1.386 óbitos.

Conforme Só Notícias já informou, em Sorriso, também morreu o servidor público aposentado, Rui Hubner, de 63 anos, que trabalhou por 26 anos como motorista. A segunda morte foi de um um caminhoneiro, de 68 anos, que deu entrada num hospital particular e foi transferido para Chapecó (SC). Ambos moravam do bairro Bela Vista.

Só Notícias/Luan Cordeiro e Altair Anderli, de Lucas do Rio Verde (foto: assessoria/arquivo - atualizada às 15h02)