Saúde

Diagnosticados mais 47 casos de hanseníase em Sinop

A segunda etapa do mutirão do Janeiro Roxo, de conscientização e combate à hanseníase, realizado no final de semana, resultou em 200 atendimentos e 47 diagnósticos confirmados (dois são em crianças). Ao todo, Sinop já tem 67 casos confirmados este mês sendo 11 no primeiro mutirão, 47 no segundo e 9 outros detectados em pacientes que procuraram as unidades de saúde desde o início do mês, demonstrando o grande alcance e sensibilização promovidos pela campanha.

O xlínico geral Francisco Specian Júnior explicou que o diagnóstico precoce, somado ao tratamento correto da enfermidade, eliminam as chances de sequelas no futuro. Ele citou como exemplo uma das rotinas de exames realizadas no sábado, em um dos pacientes com diagnóstico positivo. “Este paciente nos procurou com queixa de uma mancha amortecida no braço. Ele morava em outra cidade e está em Sinop há 10 anos. Provavelmente, a doença foi adquirida lá, pois esse é o tempo de incubação da hanseníase. Realizamos nele o teste de sensibilidade térmica com a temperatura quente na pele lesionada e o teste de sensibilidade na córnea do olho (área extremamente sensível), mas ele não respondeu nenhum dos testes”, detalhou, através da assessoria.

A terceira e última etapa do mutirão será realizada na UBS Sabrina, no próximo sábado, das 8h às 16h. O mutirões ocorrem com o apoio de toda equipe do Centro, das Unidades Básicas de Saúde (UBS´s) São Cristóvão e a Sabrina, dos estudantes de medicina da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), campus Sinop,e dos médicos residentes do município.

Só Notícias