Saúde

Dengue: termina aplicação de fumacê em Sorriso mas preocupação continua

Terminou ontem, em Sorriso, as aplicações do fumacê – veneno aplicado para matar o mosquito Aedes Aegipti, transmissor da dengue. As atividades iniciaram ainda em dezembro, devido ao alto índice de infestação da doença. As borrifações foram feitas inicialmente em todo período urbano da cidade, de dezembro a janeiro e depois nos distritos, como Boa Esperança, Primaverinha, Caravagio, entre outros.

De acordo com o coordenador de Vigilância Epidemiológica, Marcelo Oliveira, resultados foram percebidos durante as aplicações. “Houve uma melhora nos casos confirmados do problema. O fumacê foi usado para matar aquele mosquito já infectado com o vírus da dengue. A partir de agora, começamos os trabalhos de visitar as residências para eliminar os criadouros do mosquito”, disse, ao Só Notícias.

Mesmo assim, a preocupação com o número de focos ainda deve continuar, devido ao aumento das chuvas. “Percebemos que o período chuvoso tem aumentado e com isso pode-se aumentar o número de focos das larvas. Ainda há moradores que deixam os recipientes acumularem água, e ainda existem muitos focos”, acrescentou.

Somente ano passado, de acordo com um relatório do Sistema de Informação dos Agravos de Notificação , do Escritório Regional de Saúde, em Sinop, apontou que o município teve 222 confirmações do problema. Casos notificados ultrapassaram mil.

Os agentes continuam trabalhando no município para que a redução ainda continue sendo verificada.