Saúde

Definidas estratégias fortalecimento da atenção básica no Nortão

Três eventos simultâneos estão sendo usados pela Secretaria de Estado de Saúde para promover o fortalecimento das ações de atenção básica da saúde na região Norte de Mato Grosso: o “I Fórum Regional de Atenção Básica”, a “Iª Amostra de Saúde da Família” e o “I Encontro do Jovem Sanitarista”. Organizados pelo Escritório Regional de Saúde (ERS) de Sinop os eventos acontecem entre os dias 15 e 16 de dezembro, na Escola Municipal Ivete Aranhard, localizada na avenida Brasil, em Sorriso.
“O objetivo desses encontros é integralização dos Escritórios Regionais, das Secretarias Municipais de Saúde e das equipes de Saúde da Família, bem como compartilhar experiências e discutir os papéis e atribuições da atenção básica nas três esferas de Governo, ou seja, União, Estado e municípios”, disse a diretora do ERS/Sinop, Jucineide Oliveira Silva.

Ela informou que o evento vai reunir os 17 municípios que compõem a Regional de Sinop, sendo eles: Cláudia, Ipiranga do Norte, Itanhagá, Tapurah, Lucas do Rio Verde, Vera, Santa Carmem, Feliz Natal, Nova Ubiratã, Santa Rita do Trivelato, Nova Mutum, Itaúba, Nova Santa Helena, Marcelândia, União do Sul, além de Sinop e Sorriso. “Aproximadamente 500 profissionais estarão trocando experiências, mostrando como cada um vem atuando e se organizando para cumprir as ações da atenção básica ou primária”, comentou a diretora.

Jucineide Oliveira lembrou que as ações da atenção básica seguem a Norma Operacional de Assistência à Saúde (NOAS 01/02) e a Norma Operacional Básica do Sistema Único de Saúde (NOB SUS 01/96). “É na atenção básica que são realizadas as intervenções de saúde que visam a promoção, prevenção, diagnóstico, tratamento, reabilitação e a redução de danos por meio da realização de ações de atendimento básico como: saúde da família, saúde bucal, diabetes, hipertensão, saúde do idoso, dentre outras. A atenção básica orienta-se pelos princípios do SUS, que são: universalidade, acessibilidade, integralidade e humanização do sistema”, comentou.

Inserida no organograma da atenção básica está à atuação das equipes do Programa de Saúde da Família (PSF), visando atender o usuário do SUS de acordo com as suas necessidades, quer sejam elas de vacinação, sorologia, tratamentos preventivos, informações sobre doenças como hepatite, tuberculose, acompanhamento do desenvolvimento do bebê (peso, medida, aleitamento materno) na própria localidade onde mora. Esse atendimento evita superlotações de prontos socorros, fila em hospitais públicos e, acima de tudo, dá agilidade e atenção humanizada a quem precisa de atendimento básico de Saúde. Atualmente, o Escritório Regional de Sinop conta com cerca de 100 unidades do Programa Saúde da Família.

Já o primeiro encontro do “Jovem Sanitarista” é um projeto que conta com o apoio das Secretarias Municipais de Educação comprometidas em parceria com o Escritório Regional de Saúde, em Sinop. A idéia é envolver jovens e adolescentes que cursam a 5ª a 8ª série do Ensino Fundamental nas ações de promoção e prevenção à saúde. “Queremos formar jovens para que sejam multiplicadores de saúde junto aos seus familiares, vizinhos e amigos, visando a prevenção das doenças como dengue e hanseníase”, disse Jucineide Oliveira.